" />
25/03/2022 às 21:12

Fotografia de parto

12
9min de leitura

O QUE É UM PARTO?

O que é o parto afinal?

Além da definição do dicionário, em que parto é o processo e o resultado de parir ou dar à luz, um parto, na verdade, é o rito de passagem mais importante da vida de uma mulher. É o ingresso no mundo da maternidade. Do seu corpo, sua continuação. Mais importante que a fotografia de casamento, na lista das prioridades da vida, a fotografia de parto é um momento único e um aprendizado eterno. O nascimento de um filho é sinônimo de felicidade na vida de uma família.



QUAL A DIFERENÇA DO PARTO NORMAL E CESÁRIA ?



Parto Normal ou Vaginal


O parto vaginal popularmente conhecido como parto normal tem menos riscos de complicações. Gera menos dor no pós-parto e a recuperação 

Segundo o Ministério da Saúde, cerca de 3 milhões de bebês nascem no Brasil todos os anos. Cerca de 45% deles vêm ao mundo por meio de cesarianas, dado que nos coloca em primeiro lugar no ranking mundial. Esses dados estão muito acima dos 15% admitidos pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Medo da dor, falta de informação sobre os riscos envolvidos, a opinião do médico e a ansiedade pelo nascimento estão entre as principais razões pelas quais as brasileiras optam por uma cirurgia.

Em muitos casos a mulher consegue caminhar pelo quarto já nas primeira 24 horas depois de dar a luz. Ele pode ser realizado com ou sem anestesia, e todo o processo acaba facilitando a amamentação.

Além disso, por ser um estimulo natural, o parto normal ajuda a reduzir os riscos de doenças respiratórias na criança. Em contrapartida, o trabalho de parto tende a ser mais longo.


Parto Cesário ou Cesariana

Antes de inventarem o parto cesariano ou cesariana, todas as mulheres tinham seus bebês através do parto normal.


O primeiro parto cesáreo que se tem notícia ocorreu em 1500, em uma pequena cidade suíça chamada Sigershaufen, e foi realizada por um homem chamado Jacob Nufer, em sua própria esposa. Jacob era um homem simples, habituado a castrar porcas, e vendo o sofrimento de sua esposa no momento do parto resolveu, auxiliado por mais duas parteiras, fazer ele mesmo o parto a partir de uma incisão no abdome da parturiente. Após a retirada do bebê, Jacob fechou o corte, assim como ele fazia com as porcas que castrava. A mãe se recuperou bem e o parto não causou nenhum problema ao bebê que teve desenvolvimento normal. Após esse fato, a esposa de Jacob deu à luz mais cinco bebês, todos eles de parto normal.

 

O parto cesáreo tem se tornado muito popular no Brasil por conta do tempo de trabalho de parto menor. Contudo, é preciso levar em conta outros aspectos desse tipo de método:

Para começar, o risco de complicações é maior e as dores no pós-parto também. O tempo de recuperação também é maior, podendo durar muitos dias.

A cesárea só pode ser realizada com anestesia, e, por conta do aceleramento do processo, pode aumentar os riscos de doenças respiratórias na criança, bem como dificultar a amamentação.

 

QUAL A MELHOR OPÇÃO, PARTO NORMAL OU PARTO CESÁRIA? 

O momento do parto, assim como toda a gestação, deve ser feito com base nas escolhas da mãe, então não podemos escolher por você seu tipo de parto.

A escolha do tipo de parto deve sempre ser orientada pelo obstetra, levando em consideração o desejo da mulher, assim como o estado geral de saúde da mãe e do bebê, além dos riscos relacionados com cada tipo de procedimento cirúrgico.

O parto normal e a cesariana diferem entre si principalmente no trabalho de parto e ao período pós-parto.

Nos casos de parto normal, a mulher não sente tanta dor pós-parto como no parto cesáreo tem mais facilidade para os cuidados com o bebê. No entanto, mulheres que passam por episiotomia durante o parto normal, podem sentir dor pós operatória.

O PARTO NORMAL TEM 4 FASES, VOCÊ SABE QUAIS SÃO?

 

O trabalho de parto é divido em quatro fases, na seguinte ordem: dilatação, expulsão, dequitação e Greenberg.

 

1ª fase: dilatação

O trabalho de parto começa quando as contrações da mãe se tornam regulares, com intervalo de 5 minutos entre uma e outra e persistentes durante pelo menos uma hora, podendo chegar a 18 horas.

No início da dilatação, esse processo ocorre de forma mais lenta, demorando de seis a oito horas, em média, para chegar a quatro ou cinco centímetros. Depois, no período mais ativo, o colo do útero dilata cerca de um centímetro por hora até que ele atinja a dilatação total de 10 centímetros. É geralmente no final dessa fase que a bolsa se rompe, porém, em algumas mulheres, a bolsa pode se romper antes mesmo do trabalho de parto começar.

 

 

2ª fase: expulsão

As contrações se tornam mais intensas e o canal do colo do útero já está totalmente dilatado. Assim, o bebê começa a encaixar para nascer. Nesse momento, surge uma vontade irresistível de fazer força e é importante fazer força na mesma hora que as contrações vierem.

Quando a cabeça do bebê estiver próxima da vagina, a mãe sentirá um ardor e o médico poderá pedir para que ela diminua a força. Dessa forma, o bebê nasce mais lentamente e, assim, diminui o risco de lesões no períneo.

 

 

3ª fase: dequitação

O bebê já nasceu, as contrações continuam, mas com bem menos intensidade para que a placenta seja expelida. Esse momento dura de cinco a dez minutos.

 

 

4ª fase: Greenberg

Essa última fase é definida como a primeira hora após a saída da placenta. Trata-se de um momento de observação da mãe pela equipe médica com o objetivo de evitar hemorragias. Depois desse período, o útero já está bem contraído.

Algumas mães podem se sentir nas “nuvens”, pois o organismo libera ocitocina, conhecido como “o hormônio do amor” e responsável por influenciar no vínculo entre a mãe e o bebê.

Se o seu parto está próximo de acontecer, converse com o seu obstetra para tirar todas as suas dúvidas, fique tranquila e respeite o tempo do seu bebê.

 

 

FOTOGRAFIA DE PARTO, O QUE É?

 

Como o próprio nome sugere, a fotografia de parto é o registro fotográfico do nascimento de um bebê. Essas fotos, inclusive, podem ser feitas tanto do parto normal quanto do parto cesariana.

Com celulares cada dia mais modernos, muitos pais acreditam dar conta de fazer as fotos desse grande dia sem a contratação de um fotógrafo de parto profissional. No entanto, é fundamental considerar alguns fatores antes de assumir essa grande responsabilidade:

  • Será que a emoção do momento tão especial não vai atrapalhar os registros na hora do parto?
  • O pai, ou acompanhante, conseguirá apoiar a mãe e ainda captar os momentos mais importantes do parto?
  • Se o pai estiver fotografando o parto como ele vai aparecer nas fotografias de parto?
  • Qual a experiência que se tem com fotografia de parto, ou seja, questões como ângulo, luz, sensibilidade?
  • O resultado das fotografias de parto vão sair de acordo com o esperado?

Ainda tem mais um fator que muitos pais nem gostam de comentar: mas é bastante comum papais extremamente emocionados passarem mal na hora do parto por conta do sangue ou do cheiro, e chegarem até a desmaiar não conseguindo fotografar o parto!

Já pensou, além de não acompanhar o nascimento do filho, não ter nenhum registro do parto para ver quando estiver bem? Com certeza será motivo de grande arrependimento!

 



COMO É FEITA A FOTOGRAFIA DE PARTO?

 

Os primeiros registros do grande dia se iniciam no quarto, onde a decoração é feita pelo casal para a chegada do novo integrante da família. Detalhes como o quadrinho da porta e as lembrancinhas para os visitantes não podem faltar.

 

Momentos que antecedem a sala de cirurgia também devem ser registrados com cuidado e respeito, sem qualquer interferência.

 

Na sala de cirurgia muito cuidado necessário. É preciso ter conhecimento de todos procedimentos de segurança e etapas de um parto para não perder nenhum detalhe importante do parto. saber exatamente quais os locais você jamais deve tocar para não contaminar a sala esterilizada do parto. Os movimentos devem ser mínimos porém muito eficientes. É na sala de parto onde serão registrados os momentos únicos da fotografia de parto. Momentos de ansiedade, tensão e enfim, felicidade quando o choro do bebê ecoa pelo centro cirúrgico, o primeiro olhar e abraço depois do parto são momentos especiais.

 

O berçário é um capítulo à parte do parto, quando os integrantes da família são apresentados ao bebê através da vidraça da maternidade, pois eles não entram na sala de parto, só conhecem depois.

Um misto de alívio e alegria com o nascimento de um novo membro da família.

 



POR QUE FOTOGRAFAR O PARTO?

A dúvida que muitos pais têm se devem, ou não, fazer fotos do momento do parto pode ser facilmente sanada. SIIIIIIIIIIM!

Por mais que a jornada de espera de um bebê seja um tanto longa, incluindo gestação e trabalho de parto, sua chegada ao mundo dura pouquíssimos segundos.

Ainda que esse grande dia seja guardado na mente e no coração, ter registros do momento do parto permite relembrar tudo o que foi vivido e sentido na sala de parto, e o quanto toda a espera e ansiedade valeram a pena.

A fotografia de parto permite dividir esse momento mágico com amigos, familiares e com a própria criança no futuro, mostrando a ela quanto sua chegada foi especial.

Um grande detalhe: a fotografia de parto não registra apenas o momento exato que a criança é retirada. Ao contratar um fotógrafo profissional ele terá o cuidado de registrar os momentos mais importantes antes e depois do parto, como uma história com início, meio e fim..

Então, o tempo de espera até a ida para o centro cirúrgico ou sala de parto, a emoção no olhar dos familiares e amigos na sala de espera, o rosto do pai apoiando a mãe, a hora do nascimento, o cordão umbilical logo após a chegada do bebê, as primeiras reações e olhares do recém-nascido e, muito mais!






FOTOGRAFIA DE PARTO VALE A PENA MESMO?

 

Q ual o valor da fotografia de parto? Qual o valor de ter o momento mais importante da sua vida registrado? Qual o valor de poder revisitar esse momento em fotografias que serão eternas no futuro?

 

O valor de ter viva a lembrança da chegada de um ser que ocupará os seus dias, os seus pensamentos, o seu coração. O dia que tudo se transformou, que algo incrível nasceu, não só o filho(a), mas esse amor, esse amor que a gente não sabe nem explicar.

 

A fotografia nos permite ter uma relação de auto confiança, de auto observação, e ainda: se perceber através dos olhos de outra pessoa.

 

O valor e a importância da fotografia do parto é imensurável, não dá para explicar!




QUERO FOTOS DE PARTO! QUANDO CONTRATAR O FOTÓGRAFO?

 

Decisão tomada? Perfeito! Mas em qual fase da gravidez você deve contratar o fotógrafo? O ideal mesmo é procurar o profissional até a 34ª semana de gestação, não mais do que isso. Quanto antes dos momentos perto do parto, melhor!

O fotógrafo do parto já vai estar ciente, preparado e bem atento.

É bem importante não deixar a contratação muito próxima da data prevista do parto, a fim de ter tempo suficiente para resolver toda a parte burocrática e ficar mais tranquila.



É VERDADE QUE OS HOSPITAIS PODEM IMPEDIR FOTÓGRAFOS NA SALA DE PARTO?



Sim, isso pode acontecer em alguns hospitais. No entanto, a grande maioria já não impede mais a entrada, desde que haja um cadastro prévio do profissional.

Assim, para não ter surpresas desagradáveis com a fotografia de parto, é imprescindível que você verifique antes o que é preciso para liberação da entrada do profissional, na maioria dos casos será necessário o pagamento de uma taxa feita pela maternidade para fotógrafos.

Então, nada de chegar com o fotógrafo, sem avisar, no dia do parto, tá bom?

Por isso é importante contratar semanas antes do parto, fique atenta!





QUANTO CUSTA FOTOGRAFIA DE PARTO?

Você já sabe de tudo isso deve estar se perguntando: “Mas afinal, quanto custa a fotografia de parto”?

O valor exato vai depender da quantidade de fotos contratadas e da taxa cobrada pelo hospital.

Ou seja, serviços como fotografia de parto podem variar entre R$ 1.320 e R$ 3.500,00.

 

ONDE ENCONTRAR FOTOGRAFO DE PARTO NO RIO DE JANEIRO?




Com 10 anos de experiência e mais de 1300 partos realizados, a Fotosete atende clientes do Rio de Janeiro, da Zona Sul e Barra da Tijuca. Tendo inclusive uma sede na Maternidade da Casa de Saúde São José, referência na cidade.

Além de fotografia e filmagem de parto, realizamos, ensaio de gestante, acompanhamento mensal de bebês, sessões infantis, fotos em família, aniversários, batizados e muitos outros.

Quer saber mais? Acesse agora https://www.fotosete.com.br/ conheça nossa equipe, todos os nossos trabalhos e aproveite para solicitar um orçamento. Você vai amar e se surpreender!

 

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato com a gente através do número (21) 99345-3355.

E não esqueça, se achou essas dicas válidas, compartilhe em suas redes sociais.

25 Mar 2022

Fotografia de parto

Comentar
Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Copiar URL

Tags

ensaio fotografico rj ensaiodebebesrj estudio de fotografia rj estudio infantil de fotografia rj fotodepartorj fotografadepartorj fotografia preço parto rj fotopreçopartorj

Quem viu também curtiu

27 de Abr de 2022

ENSAIO INFANTIL NO RIO DE JANEIRO

06 de Abr de 2022

FOTOGRAFIA DE GESTANTE

25 de Mar de 2022

FILMAGEM DE PARTO

Olá, em que podemos ajudar? Fala com a gente pelo Whats. :)
Logo do Whatsapp